geral@igrejalighthouse.com

Precisamos voltar às origens

 "...Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão. E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo...” (Mateus 24:10-13)

O panorama evangélico - pentecostal na Europa, a meu ver, está muito negro. Não me refiro a supostas ‘crises financeiras’, mas a crises de identidade, a uma crise espiritual muito forte, onde a ausência do Espírito Santo de Deus é uma constante – Ele não pactua com o pecado...

Vejo alguns que em vez de se dedicarem a salvar almas, andam a ‘pescar nos aquários dos outros’, outros querem ‘evangelizar a todo o custo’, incluindo perdendo a própria família, saúde, mas ricos e enriquecidos, como diz a Palavra de Deus: “...Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu...” (Apocalipse 3:17). 

Outros sempre enfiados em  4 paredes, isolando-se do restante corpo de Cristo, vivem uma ilusão de que são os únicos que serão arrebatados e que só a doutrina deles salva... passam o tempo a criticar quem faz ondas, ou quem põe em causa o seu 'reino'... Desde que as contas se paguem e o que é seu não seja beliscado... e que ninguém ponha em causa a sua autoridade, está tudo bem...

Vejo doutrinas anímicas e diabólicas a proliferarem como sendo de Deus... vejo muito bons servos e filhos de Deus a abandonarem a Igreja e a tornarem-se ‘desigrejados’, como verdade absoluta do evangelho (como se a reunião que fazem nas suas casas não fosse Igreja na mesma)... vejo a mercantilização da casa de Deus, vejo muita influência do mundo e do marketing (estratégias!) nas decisões pastorais e (quase) nada com influência do Espírito Santo... vejo desejo de crescimento desmesurado e meteórico como objetivo, em vez de ser fundamentado na Palavra de Deus e na verdade que esta acarreta...

Vejo muito do povo de Deus conformado com as circunstâncias, doenças, problemas financeiros, deprimidas, sem Fé, sem poder, sem alimento, sem apoio pastoral, sem acompanhamento, mal-nutridas, sem anseio de estar com Deus, a não ser ao Domingo para garantir que quando morrerem vão para o céu...

 

Vejo pessoas amarradas a regras, proibições e obrigações, quotizações, mentiras, maldições, preceitos, 'achos', manias, ideias esquizofrénicas que me fazem ficar perplexo (não por me espantarem, mas pela força maligna com que foram maquinadas, ou pelo objetivo a que foram propostas), ou então numa libertinagem, liberdade de actos e conceitos, sem pudor e consciência, sem Temor ao Senhor, baseando-se em doutrinas que se espalham hoje, ensinando que não é preciso pedir perdão a Deus... longe da Palavra de Deus, longe da conduta correcta de um filho de Deus, que fazem corar de vergonha até aqueles que nos convém chamar de 'ímpios'.

 

Vejo pessoas que do topo da sua cegueira mental e espiritual, passam o tempo todo a tentar ensinar aos outros o que não sabem para a vida deles! Vejo pessoas que passam o tempo todo a colocar as culpas do seu insucesso nos outros, ou na ausência de ajuda dos outros... (As cartas do Espírito às 7 Igrejas - Apocalipse 2, 3 e 4)

 

E sabem o que sinto? Uma raiva ‘santa’! Provavelmente o mesmo sentimento que Jesus sentiu quando expulsou do templo os vendilhões... mesmo sentindo-me pequeno para ser ouvido, para ser levado a sério... não me calarei! A Santidade é devida à Casa de Deus! A cada um de nós, que somos templos do Espírito Santo! Sem Santificação ninguém verá a Deus!

 

Precisamos de ns levantar e permanecer firmes! A lutar pela verdade e pela pureza do Evangelho! A remar contra a maré! Não temos de copiar a chamada ‘Igreja primitiva’, precisamos ser a Igreja de Atos, hoje! E para isso, temos de continuar a esforçar-nos! (Josué 1:6 a 9) Sabem porquê? Porque o melhor É AGORA! Está nas nossas mãos fazer a diferença!

 

O que é que podemos fazer com o que dispomos agora? Muito! Temos Deus connosco, temos a Palavra de Deus e a verdade, o Poder do Espírito Santo e disposição para dobrar o joelho e ORAR! É a nossa obrigação fazer alguma coisa para alterar isto! Que não percamos a oportunidade do AGORA! O 'Ontem' já não resolve nada e o 'Amanhã' já pode ser tarde demais! (Mateus 25:14 a 30)

 

Precisamos marcar uma posição! Continuar, permanecer, insistir, sermos teimosos, obstinados contra o pecado, contra o adormecimento da Igreja, contra as tácticas de satanás, contra o carácter humano, contra as doutrinas anímicas, contra as hostes espirituais da maldade!!! (Romanos 12:2; Efésios 6:10 a 18)

 

E o cansaço virá... Mas logo o Senhor enviará 'Aarão' e 'Hur'' para nos levantar os braços, como fizeram com Moisés, e logo a batalha prevalecerá em vitória para a verdade, pelo Evangelho e pelo Espírito Santo de Deus!

 

Precisamos ser a alternativa, a diferença, seguir o rio que flui do trono de Deus, permanecer na margem certa, a certeza da verdade! Se não houver verdade em nós, como poderemos afirmar que temos a verdade, o Filho de Deus?

 

Precisamos ser como Sadrach, Mesach e Abednego e não termos medo de sermos atirados para a fornalha de fogo, ou como Daniel na cova dos Leões, ou como Gedeão que com 300 homens derrotou os filisteus, ou como Isaac a quem entulhavam os poços e ele ia e cavava novos e o Senhor sempre os honrou! Porque TEMOS JESUS EM NÓS!

 

Desejemos ser como Elias que enfrentou a idolatria olhos nos olhos e enfrentou o poder político e o povo, provando que só o Senhor é Deus! Ou como Isaías, profetizando a verdade! Ou como Ezequiel - um vaso nas mãos do oleiro, moldável, adaptável, contudo duro, implacável e lutador contra o pecado!!!Porque TEMOS JESUS EM NÓS!

 

Temos que ser como Esdras, Neemias, Zacarias, que foram usados para mudar o coração do poder político averso e lutar pelo restabelecimento das ‘muralhas de jerusalém’! (Esdras 8:23)

 

Devemos ser como Jesus... cheio de compaixão, misericórdia, amor, vendo sempre o melhor dos outros, suportando as críticas, os roubos, os maus-tratos, as mentiras e calúnias! (I Coríntios 10:13)

 

Que possamos ser como Pedro: Transformados, ou como Paulo: Implacáveis, ou como Tiago: astutos, ou como João: sensível ao Espírito Santo...

 

Para podermos ser grandes Homens e Mulheres de Deus, precisamos sê-los primeiramente em casa, na família, no prédio, no bairro, na vizinhança, na aldeia, na escola, no emprego, sem fanatismos, sem forçar a nada, sem tentar convencer (porque quem convence é o Espírito Santo), sem doutrinas falsas, nem doutrinas humanas! Apenas com a Palavra! Apenas com o poder do Pai, do Filho e do Espírito Santo de Deus! Apenas com o amor... Isto é que é importante!!! (Marcos 16:15)

 

E acompanhar as pessoas, telefonar-lhes, ouvi-las, amá-las, ajudá-las, apoiá-las, comer com elas, ensiná-las, discipulá-las, investir tempo nas suas vidas e almas! (Actos 2:42 a 46)

 

Queremos ser como aqueles que servem a Deus e não fazem disso um emprego ou uma profissão liberal ou um 'hobby' de fim-de-semana. Enfrentar o desconhecido, sabendo que estamos seguros na Palavra e na potente mão de Deus, completamente purgados de embaraços, pesos-mortos, âncoras passadas, manias, orgulhos, vaidades, taradisses mentais e manias de grandezas!(Hebreus 12:1 e 2)

 

Eu estou disposto e você?

 

 

Deus abençoe!

Pst. João Viegas