geral@igrejalighthouse.com

Salmos 118:22“ A pedra que os edificadores rejeitaram tornou-se cabeça da esquina”.

Quem é esta pedra, que os antigos mencionam? Esta pedra é Cristo.

A igreja de Cristo não começou com os apóstolos. Ela começou bem antes, Cristo é a pedra da igreja. Quem é a igreja, a igreja é constituída por pessoas, que crêem no evangelho de Jesus Cristo, que há muito é anunciado e crido. Os antigos profetas anunciavam o evangelho, muitos o creram. 

Jesus é o Cordeiro imolado antes da fundação do mundo...a nossa redenção foi primeiro do que a criação, assim sendo, antes de existir o homem, já Deus nos tinha redimido, este é o mistério que poucos crêem, mas que as escrituras já falam há muito. Deixo aqui, algumas passagens para meditar:

João 17: 24“Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo, para que vejam a minha glória que me deste; porque tu me amaste antes da fundação do mundo.

I Pedro 1:18-20“Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais,
Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,
O qual, na verdade, em outro tempo foi conhecido, ainda antes da fundação do mundo, mas manifestado nestes últimos tempos por amor de vós;


Apoc. 13:8 “E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo”.

2 Timóteo 1:8-10“Portanto, não te envergonhes do testemunho de nosso Senhor, nem de mim, que sou prisioneiro seu; antes participa das aflições do evangelho segundo o poder de Deus, Que nos salvou, e chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos; E que é manifesta agora pela aparição de nosso Salvador Jesus Cristo, o qual aboliu a morte, e trouxe à luz a vida e a incorrupção pelo evangelho”

Tito 1:1-3“Paulo, servo de Deus, e apóstolo de Jesus Cristo, segundo a fé dos eleitos de Deus, e o conhecimento da verdade, que é segundo a piedade, Em esperança da vida eterna, a qual Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos tempos dos séculos; Mas a seu tempo manifestou a sua palavra pela pregação que me foi confiada segundo o mandamento de Deus, nosso Salvador;”

Gálatas 3:6-9“Assim como Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado como justiça.
Sabei, pois, que os que são da fé são filhos de Abraão. Ora, tendo a Escritura previsto que Deus havia de justificar pela fé os gentios, anunciou primeiro o evangelho a Abraão, dizendo: Todas as nações serão benditas em ti. De sorte que os que são da fé são benditos com o crente Abraão.”

Efésios 1:4 – “Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor;”

E tantas outras passagens, que provam, que Cristo é o Cordeiro de Deus imolado antes da fundação do mundo e que se manifestou entre os homens, naquele tempo, que andou aqui na terra, mas que antes, já era pregado e crido por muitos, o Abraão é exemplo disso, ouviu o evangelho e creu e isso lhe foi imputado como justiça, e muitos outros que ouviram o evangelho e creram, basta ler Hebreus 11, a partir do versículo 1, os herois da fé do velho testamento, que creram de igual modo.

A igreja e crentes já existe, muito antes dos apóstolos.

Hebreus 1:1“Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho,”No antigo testamento muitas vezes é mencionado a palavra a congregação dos justos, casa do Senhor, estou a lembrar-me de um dos Salmos 22:22“ Então declarei o teu nome aos meus irmãos: louvar-te-ei no meio da congregação”, ou ainda o Salmos 122:1 “Alegrei-me quando me disseram : Vamos à casa do Senhor”, e tantas outras referências, o antigo testamento está cheio delas...

Quando Jesus em Mateus 16:18 declara a Pedro, que “...sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela”, ele não está a começar a igreja, ele está a declarar o que já antes tinha sido iniciado e determinado por Deus, que os antigos ouviram e creram, por isso Davi fala dos irmãos e da congregação dos Santos em seus Salmos,  e que naquele momento, os discípulos estavam a ouvir pela boca do próprio Cordeiro de Deus que foi imolado antes da fundação do mundo. Cristo a pedra que os edificadores rejeitaram.

O próprio apostolo Paulo menciona à igreja de Coríntio que o fundamento do evangelho e da igreja é Jesus Cristo e mais ninguém. Referindo-se a Cristo como o fundamento, a pedra de esquina. Ninguém pode construir fora deste fundamento. (I Cor.3).

Os apóstolos de Jesus Cristo tiveram um papel importante após a Ascenção de Cristo ao céu, que foi o de estabelecer as doutrinas de Jesus Cristo que são os fundamentos do evangelho de Cristo. Visto que, na época, o novo testamento e as cartas dos apóstolos ainda não tinham sido escritas. Os apóstolos de Jesus Cristo são todos os que estiveram com Cristo desde o inicio de seu ministério, presenciaram a tudo, eles eram os únicos que tinham visto a Jesus em carne, tanto que, quando decidiram substituir o Judas Escariotes, eles lançaram votos sobre o substituto de Judas, não podia ser ninguém que nunca tivesse acompanhado a Cristo. Podemos ver isso em Actos 1:20-26, e se prestarmos atenção ao versículo 21-22 diz: “É necessário, pois, que, dos homens que conviveram conosco todo o tempo em que o Senhor Jesus entrou e saiu dentre nós, Começando desde o batismo de João até ao dia em que de entre nós foi recebido em cima, um deles se faça conosco testemunha da sua ressurreição.

Eles tinham José e Matias, eles escolheram Matias...veja o interessante das condições:

Tinham que ser pessoas que vinham desde o tempo do baptismo de João Baptista, convivido com Jesus e com os discípulos todos, até ao dia em que Cristo foi recebido no céu, sendo por isso, testemunhas da Sua ressurreição.

Somente estes, são considerados os apóstolos de Jesus Cristo, a que mais tarde Paulo se junta, esse foi, quem Cristo apareceu no caminho para Damasco. Paulo não teve uma visão, mas sim uma aparição de Jesus Cristo, que também foi, em outra ocasião, arrebatado em espírito ao terceiro céu, viu e ouviu coisas maravilhosas... (I Cor.12)

Alguns dizem: Mas havia outros apóstolos. Sim claro que havia, tudo começou no episódio em Lucas 10:1 em diante, Jesus designou 70 discípulos para irem de dois em dois com uma missão bem especifica. Muitos pensam que Jesus Cristo só teve 12 discípulos e que um deles o traiu, sendo substituído por Matias e mais tarde vem o Paulo. Mas não é isso que as escrituras sagradas nos dizem. Em Lucas podemos ver que havia muito mais pessoas que seguiam a Cristo, desde o baptismo de João até a sua ascensão.

Jesus após a ressurreição, apareceu a muitos, vejam o que Paulo diz em 1 Coríntios 15:3-9“Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, E que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras. E que foi visto por Cefas, e depois pelos doze. Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos, dos quais vive ainda a maior parte, mas alguns já dormem também. Depois foi visto por Tiago, depois por todos os apóstolos. E por derradeiro de todos me apareceu também a mim, como a um abortivo. Porque eu sou o menor dos apóstolos, que não sou digno de ser chamado apóstolo, pois que persegui a igreja de Deus”.

Para além dos 70 , vemos Paulo a mencionar 500 irmãos, que viram Cristo Ressurrecto. ALELUIA. Com base nisto, de facto, para além dos 12 e de Paulo, mais alguns poucos foram designados apóstolos, como caso de Barnabé, Silas, etc...que foram nomeados apóstolos com uma missão especifica, mas todos eles, vieram desta geração de pessoas que seguiam a Cristo, que testemunharam a ressurreição de Jesus Cristo, o viram com seus olhos e ouviram a sua doutrina.

Veja o inicio do livro de Atos 1:1-4: “Fiz o primeiro tratado, ó Teófilo, acerca de tudo que Jesus começou, não só a fazer, mas a ensinar, Até ao dia em que foi recebido em cima, depois de ter dado mandamentos, pelo Espírito Santo, aos apóstolos que escolhera; Aos quais também, depois de ter padecido, se apresentou vivo, com muitas e infalíveis provas, sendo visto por eles por espaço de quarenta dias, e falando das coisas concernentes ao reino de Deus.
E, estando com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, que, disse ele, de mim ouvistes”
.

Jesus esteve com todo este pessoal, não foi só com os 12, ensinou antes e depois da ressurreição, se apresentou vivo diante de todos, com muitas infalíveis provas. Portanto, Barnabé, Silas, etc...estiveram com o Senhor também, faz com que estejam habilitados para serem também considerados apóstolos, vemos isso em Actos 14:14.

A missão desta geração foi estabelecer as doutrinas e o evangelho de Jesus Cristo.

Daí que Paulo menciona em Corintios, que Deus estabeleceu primeiramente apóstolos e profetas. As igrejas pentecostais e neo pentecostais olham para o titulo de apostolo, numa forma hierárquica, de chefe, estilo papa da igreja, o líder dos pastores. Mas não é nada disso que a bíblia ensina. Um apostolo é um enviado, é um missionário, usando a expressão mais moderna.

O apostolo é alguém enviado pela igreja. Assim, sendo, se é enviado pela igreja, tem de prestar contas à igreja que o envia. Vemos isso com Atos 13, quando a igreja em Jerusalém envia Saulo e Barnabé a Antioquia. No capitulo anterior, lemos que Barnabé já tinha estado em Antioquia sozinho, enviado pela Igreja. Os enviados, são missionários, que têm uma missão. Este é a parte básica do apostolo, um enviado e não um Líder para mandar... 

No entanto, o verdadeiro apostolado de Cristo, são os 12 apóstolos que Cristo escolheu, mais o Paulo, que mais tarde se juntou a este apostolado de Cristo. A grande missão deles foi: Anunciar a Cristo tal e qual como o viram e escrever o evangelho, deixando escrito todos os acontecimentos e os ensinos de Cristo, bem como os seus mandamentos, de maneira que as gerações futuras as sigam na pureza de Seu Evangelho. 

Hoje, a igreja precisa é de bispos, pastores e presbíteros, que dêem continuidade ao fundamento escrito deixado pelos santos apóstolos de Jesus Cristo.  

Daí que, quando oiço, que a igreja precisa de movimento apostólico. Eu digo amém, mas não como estes actuais movimentos apostólicos, mas sim, seguir o que os apóstolos de Jesus Cristo nos deixaram escrito, para nós hoje.

Estes actuais movimentos apostólicos não passam de uma pequena feira de vaidades, de culto ao ego, de imposição de liderança sobre outros, até já há, quem se intitula de pai-apostolo, que é o apostolo de apóstolos. Muitos acreditam nisso, como se de um “pai espiritual” necessitássemos. Pai só um. Deus, Senhor de Todos. 

Lamento ver, o que tenho visto nestas ultimas décadas, se querem mesmo ser apóstolos, então sejam missionários do Senhor e vão, anunciem o Evangelho, não inventem doutrinas novas e deixem-se de ego.