geral@igrejalighthouse.com

Quando queremos ir para um lugar, enveredamos por determinado caminho. E quando não sabemos o caminho, corremos o risco de nos enganar e ir parar onde não queremos.

O ser humano vive para além deste mundo terreno, e todos sabemos que todo o ser humano irá experienciar a morte física. Essa morte é algo assustador para a maioria, mas para o cristão, a morte deve de ser apenas a passagem, a porta, para outro tipo de vida, pois conforme o caminho que escolhe, ir ter uma Vida Eterna ou uma Morte Eterna.

Vida Eterna é uma continuidade de Vida plena após esta vida terrena. E quando falamos de Vida Eterna, falamos numa vida para sempre com o Deus Eterno (Aquele que não tem princípio nem fim). Como é isso possível, viver eternamente, com Deus?

Conhecer DEUS

Vivemos numa sociedade em que as pessoas crêem naquilo que lhes é incutido, pela cultura e tradição…. Crescem a pensar de acordo com o que lhes ensinaram, independentemente de estar certo ou errado, muitas vezes de acordo com a maioria. E o ser humano, quando toma pressupostos como verdades absolutas, tem sérias dificuldades em as destronar e ter outro olhar sobre as coisas. Assim, muitos falam de Deus como se O conhecessem, mas na verdade apenas ouviram falar acerca dEle. E, nem sempre o que ouvimos falar de alguém corresponde ao que essa pessoa realmente é. Verdadeiramente o Ser Humano só conhecerá Deus se se passar a relacionar com Ele. Em Marcos 7:6-8 lemos:” Este povo honra-me com os lábios, Mas o seu coração está longe de mim; Em vão, porém, me honram, Ensinando doutrinas que são mandamentos de homens. Porque, deixando o mandamento de Deus, retendes a tradição dos homens”.

Aqui fica claro que há pessoas que falam de Deus, como que honrando-O com as suas palavras, mas as suas ações não acompanham essas palavras. Portanto, não se trata de pessoas que desonram Deus com as suas palavras, que o desacreditam ou desrespeitam com o que dizem. Trata-se de pessoas que, ao atentarmos às suas palavras, poderíamos dizer que temem e amam a Deus. No entanto, é afirmado que o coração destas pessoas está longe de Deus. Na verdade, para que alguém tenha um coração próximo de Deus, tem de O conhecer, conhecer o que é referido na passagem que lemos em Marcos, como “o seu mandamento” e as suas doutrinas, em vez de mandamentos humanos / tradições. Infelizmente, têm ficado esquecidos alguns princípios básicos, como: para conhecer alguém não posso ficar-me pelo que ouço falar desse alguém, antes tenho de me aproximar dessa pessoa e cultivar uma relação; também, se quero servir alguém e agradar-lhe, tenho de saber o que esse alguém deseja, como quer, como gosta, e fazer, não ao meu mas, ao seu jeito; É, portanto, da responsabilidade de cada ser humano, conhecer Deus. Como está escrito em Oseias 6:3 “Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor”.

A Palavra

Ao falarmos de mandamento de Deus, estamos a falar de quê? E ao falarmos de O conhecer?

Ora, para conhecer Deus, e poder viver um dia, com Ele, essa tal Vida Eterna, é necessário conhecer a Sua mensagem para nós: A Bíblia é essa mensagem, é a Palavra de Deus e expressa a Sua vontade. Sim, foi escrita por mãos de homens, que em tempos e culturas diferentes, foram impelidos a escrever esta mensagem maravilhosa, pelo Espírito de Deus. Assim, é de extrema importância CRER NA PALAVRA DE DEUS.

Em Salmos 119:105 lemos:” Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.” É a Palavra de Deus que ilumina os nossos passos e nos mostra O Caminho para a Vida Eterna.

Que Caminho?

Ouço algumas pessoas falar levianamente da Vida Eterna, por crerem que tal é uma fantasia de quem não suporta o términus do ser humano; pessoas que simplesmente não acreditam na vida para além da terrena. Mas, e as que acreditam, em que acreditam afinal? Qual o caminho que pensam tomar para a Vida Eterna?

Algumas pessoas acreditam que podem ganhar a salvação sendo “boas pessoas”, que terão a Vida Eterna se as suas obras conseguirem “comprar” essa eternidade. Assim, ouvimos dizer com frequência: “Vais ganhar o céu”, porque acham que as boas obras conquistarão a salvação. Mas, a verdade é que nenhum ser humano é realmente bom, e todo o ser humano está debaixo do pecado, como vemos em Romanos 3:9,10:”(…) já dantes demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estão debaixo do pecado; Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer.”
Além disto, o homem estava condenado ao preço do pecado.
Romanos 6:23 começa por afirmar: Porque o salário do pecado é a morte”. E que Homem teria poder, por si só, para vencer a morte? Nenhum!

Outras pessoas crescem a acreditar que a Vida Eterna se obtém se obedecerem a um conjunto de regras religiosas, praticarem ritos e /ou penitências; outras ainda, crêem que todos os caminhos vão dar a Deus, não importando que caminho se escolha para lá chegar, seja o cristianismo, o budismo, o esoterismo…; alguns ainda acreditam que existiram (ou existem) pessoas boas e puras, que se tornam santos intercessores diante de Deus, e desta forma, levantam-lhes estátuas, ajoelham-se e oram a elas como se ali estivesse depositado um poder distinto de outro ser humano qualquer… Desta forma, ouvimos frases como “Rezemos a todos os santinhos”, ou “Valha-nos o Santo (a) X ou Y”

Já o Velho Testamento era claro nos 10 mandamentos dados a Moisés.  Êxodo 20:2-6  diz: Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam. E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos.”
No Novo Testamento, esta clareza mantém-se
. Romanos 1:25 diz: “Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente.”

Desta forma, mesmo que inadvertidamente, os homens têm tornado a verdade de Deus em mentira, substituindo os seus ensinos por outro. Assim, mentiras têm-se tornado verdades indubitáveis para os homens, que seguindo por determinados caminhos, correm o risco sério de não chegar onde pretendem - a Vida Eterna com Deus - mas antes onde não pretendem - a Morte Eterna (com tormento e, para sempre separados de Deus).

O Caminho

Deus, na Sua Palavra, deixa claro qual é O caminho que leva à Vida Eterna. Ele não diz que são vários, mas indica APENAS UM.

Vejamos Efésios 2:8,9 que diz:Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie;” Portanto, fica claro que a salvação é obtida através da fé, pela graça de Deus. Não há obra que consiga ser caminho para a Vida Eterna. Ela é dom, dádiva de Deus.E Romanos 6:23 acrescenta, na segunda parte do versículo: “mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.”

A Salvação é pela graça de Deus, é um dom gratuito que nada tem a ver com ser má ou boa pessoa. As obras não conseguem conquistar a Vida Eterna, e esta foi dada em sacrifício amoroso, por Deus, através da entrega do seu Filho como está expresso em  João 3:16:” Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

Só Jesus é Salvador, e só Ele é Mediador entre nós e Deus. Só Ele teve poder para restabelecer a nossa relação com Deus. Nenhum homem, vivo ou morto, pode ser mediador entre nós e Deus, como lemos em 1 Timóteo 2:5-6: “ Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem. O qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos (…)” 

Só Jesus teve este poder de pagar o preço da Redenção por todos os seres humanos. Porquê? Porque ainda que fosse Homem, ( nosso exemplo em tudo), Ele tinha a natureza divina, pois foi gerado por Deus, sendo também Filho de Deus, e o próprio Deus (A Bíblia ensina que Ele já estava no início com Deus, enquanto Palavra, e integrava Deus –“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus” : João 1:1).

Segundo João 14:6 ouviram-se estas palavras do próprio Jesus: “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.”

Aqui não se fala de UM caminho mas de O Caminho! Jesus afirma ser O Caminho, ser A Verdade e ser A Vida. Ele não diz que Ele é um caminho, uma verdade e/ou uma vida. E a frase termina referindo que para chegar ao Pai, tem de ser através de Jesus. Então, há um só caminho que conduz à Vida Eterna, e esse caminho é Jesus!

Segue O Caminho

Por desconhecimento, as pessoas afastam-se de Deus, praticando o que Ele abomina e invalidando a sua dádiva de amor para as suas vidas. Mas, a salvação é algo que Deus planeou para todos, pois o seu amor estende-se a todos os seres humanos, independentemente da sua condição.

João 3:18: “Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus”

Atos 4:12:E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.”

Cada um de nós tem escolhas a fazer e elas têm de ser feitas nesta vida: procurar ou não conhecer Deus, Crer ou não na Sua Palavra, Crer ou não em Jesus como O Único Caminho para a Vida Eterna; Aceitar ou não que Deus providenciou a Vida Eterna, como ato de amor, e fazer ou não de Jesus verdadeiramente o Senhor da sua vida, são decisões particulares de cada um.

Mas Deus já fez a Sua parte, dando-nos O Caminho. A cada um de nós não compete construir ou encontrar um Caminho. Ao ser humano compete apenas Crer no verdadeiro Evangelho – Jesus Cristo, e tomando esse Caminho, receber o dom da Vida Eterna.