geral@igrejalighthouse.com

"Filho(a) que desarrumação vem a ser esta? Por favor vai tomar banho, pareces um porco mal cheiroso!? Tu és teimoso, nunca me ouves! Eu já te disse que não é assim que se faz…"

Qual o jovem que já não ouviu e ouve estas frases de vez enquanto? São frases que por vezes nos deixam irritados, e  não conseguimos entender, pois achamos que não estamos a fazer mal nenhum. Hoje quero falar especialmente para Jovens que se sentem frustrados, e que acham que sofrem muitas injustiças dos pais.

1)    Os teus pais não são teus inimigos;

 Numa fase da minha adolescência muitas vezes achava que aquilo que os meus pais diziam não era justo; primeiro os teus pais erram assim como tu erras (“Porque todos pecaram e destituídos estão da Glória de Deus” Romanos 3:23 ,mesmo que eles te digam algo menos bom,ou até que sejam injustos,considera que são humanos como tu,não bichos, e que nem todos os dias correm tão bem para eles, assim como para ti. Mas considera também as suas palavras, e correcções e tenta de uma forma mais fria analisar as tuas acções e ver também onde podes melhorar. Eles podem não ter razão algumas vezes, mas tu também nem sempre tens. A bíblia tem várias passagens que nos encorajam a ouvir os nossos pais, e Salomão(o rei sábio,não houve nem haverá ninguém com tanta sabedoria) nos diz “Ouvi,filhos,a correcção do pai, e estai atentos para conhecerdes a prudência”  (Provérbios 4:1), prudência, é algo que todos precisamos,para que possamos evitar alguns perigos na nossa vida.

E ninguém nasce a saber,tem que ser alguém que nos ajude.

Exemplo: -Não passes tanto tempo na internet (mãe ou pai a falar)…

Cada vez mais na Internet existe pouca privacidade,conversar na Internet pode ser divertido,mas tem atenção aos dados pessoais que colocas,pois na verdade não sabemos quem está no outro lado. A Internet é uma bênção,mas pode se tornar perigosa,se usamos de uma forma exagerada e quando divulgamos informações pessoais a quem não temos a certeza com quem conversamos ou jogamos. Sem falar noutros perigos…

 Abre o teu coração

Se existe algo menos bem contigo,nunca guardes só para ti,quando existe uma situação que te perturba,não deves ter vergonha,mesmo que aches insignificante, é importante partilhares com os teus pais,para que haja um melhor relacionamento. Se não falares ninguém advinha, e por vezes demonstramos as nossas angustias da pior maneira,gritando com os pais e por vezes até nos tornamos desobedientes,só porque não concordamos com alguma coisa que os nossos pais disseram, onde nessa situação existe um problema para ti.

Exemplo: quando existem colegas que constantemente gozam contigo,e sentes a pior pessoa do mundo, deves falar com os teus pais,se guardares, por vezes podes descontar a tua frustração nas pessoas que realmente amam te, e desejam o melhor para ti.

3)    A última palavra

“Toda a amargura e ira,e cólera,e gritaria,e blasfémia,e toda a malícia, sejam tiradas de entre vós;  Antes sede,uns para com os outros,benignos,misericordiosos,perdoando vos uns aos outros,como,também,Deus vos perdoou em Cristo”  (Efésios 4:31,32)

Por vezes,quando queremos mostrar aos nossos pais que temos razão,e aquilo que estamos a dizer ou aquilo que fizemos não tem mal nenhum,acabamos por impor a nossa posição da pior maneira: Respondendo com palavras torpes aos nossos pais,gritando inclusive com eles. Mas desta maneira não vais conseguir fazer com que os teus pais te ouçam,pelo contrário, quando existe gritaria e ira existe Satanás no controle da situação,um grito puxa outro grito,e não leva a lado nenhum,por outro lado traz confusão. Mas Deus,nos encoraja a sermos benignos,pessoas que pronunciam palavras boas que edificam (construam),e sempre prontos a perdoar. Por vezes, é o mais difícil,mas é o melhor para que o nosso coração,fique sempre limpo,para que as sementes que são plantadas nos nossos corações possam dar fruto.

Se o teu pai,ou a tua mãe, diz que “não” a alguma coisa,aceita isso na tua vida. Se achas que é injusto,não fales logo,quando a situação acalmar,abre o teu coração conversa com os teus pais e tenta mostrar a tua parte,mas a ultima palavra é deles.” Vós,filhos,sede obdientes aos vossos pais,no Senhor, porque isto é justo” Efesios6:1

 

Não há nada que Deus  nos peça que seja impossível fazer,se tens dificuldade em ser obediente ou a entender os teus pais,vai a Deus,em oração,pois tudo o que pedires ele te ouve e responde,segundo a sua vontade .”E, tudo o que pedirdes em oração,crendo,o recebereis”  (Mateus 21:22).